Antiespasmódicos

ANTI-ESPASMÓDICOS

 Brometo de Otilónio Brometo de Pinavério         Butilescopolamina     É outro antimuscarínico, mas sem os efeitos secundários sobre o CNC dos anteriores, porque não passa a barreira hemática.         As indicações clínicas são:         Síndrome de Intestino Irritável         Cólica biliar         Para obter o relaxamento muscular no Rx e endoscopia. Butilescopolamina + paracetamol   Faz parte do Prontuário Terapêutico que acrescenta “As associações de antiespasmódicos com analgésicos ou tranquilizantes são desprovidas de fundamentação terapêutica, não se recomendando o seu uso”. O hábito, pode algumas vezes, fazer o monge e ter mais força do que a evidência médica. Clorodiazepóxido + brometo de clidínio  Faz parte do Prontuário Terapêutico que acrescenta “As associações de antiespasmódicos com analgésicos ou tranquilizantes são desprovidas de fundamentação terapêutica, não se recomendando o seu uso”. O hábito, pode algumas vezes, fazer o monge e ter mais força do que a evidência médica. Mebeverina         É um antimuscarínico sem efeitos anticolinérgicos, nas doses usadas na clínica.         Deve evitar-se, no entanto, o seu uso no Refluxo Gastro-esofágico.   As indicações clínicas são:       Síndrome de Intestino Irritável                        
Pagina seguinte

MEDICAMENTOS

ANTI-ESPASMÓDICOS

            Brometo de otilónio             Brometo de Pinavério             Butilescopolamina             Clordiazepóxido             Mebeverina             Propinoxato             Tiropramida             Trimebutina