Modificadores da motilidade gastrointestinal

Pagina seguinte

 ESTIMULAM A MOTILODADE  (Procinéticos)

    - Metoclopramida     - Domperidona     - Cisapride As indicaçõeses clínicas são:      Dispepsia Funcional      Gastroparésia ( geralmente associada à diabetes )      Doença do refluxo gastro-esofógico ( DRGE )  ligeira - a sua eficácia nesta doença é quase nula. 1 - LAXANTES     Laxantes de volume (Incrementadores do bolo fecal) O tratamento mais correcto da obstipaçãoo é feito com dieta rica em fibra suplementada com os laxantes de volume "Bulk-forming laxatives":     Farelo     Ispagula     Psyllium     Bassorina     Plantago O efeito começa a verificar-se 12- 72 horas depois do início da ingestão. As indicações clínicas são:     - Obstipaçãoo simples     - Amolecimento das fezes em situações associadas a hemorróidas sintomáticas, fissura anal, cirurgia anorectal ou úlcera solitária;     - Obstipação e diarreia do Síndrome de Intestino Irritável     - Doença Divertícular do Cólon     - Diarreia ligeira associada a Ileostomia ou colostomia                   Os laxantes de volume podem ser causa de obstrução intestinal, por esse motivo devem ser sempre tomados com bastante líquido. Os laxantes de volume podem aumentar a distensão e a dor abdominal. é boa norma começar com pequenas quantidades e aumentá-las a pouco e pouco, até atingir a quantidade ideal.     Laxantes osmóticos     Lactulose     Sorbitol Sais de magnésio São açucares não absorvidos que provocam uma diarreia osmótica. As indicações clínicas são:         - Obstipação         - Encafalopatia hepática Estes laxantes causam com frequência, distensão abdominal, flatulência, desconforto abdominal. Deve começar-se o tratamento com pequenas quantidades e aumentar paulatinamente.       Laxantes estimulantes ou de contacto          - Fenolfetaleína          - Bisacodil          - Sene -  O sene é um dos laxantes muito usado em chás, com variadíssimos nomes, a que as pessoas chamam produtos “naturais”          - Cascara-sagrada   - picossulfato de sódio             Indicações clínicas: obstipação     Enemas  
MEDICAMENTOS